Alimentação para quem sofre de Gordura no Fígado

Fígado

Esse importante órgão que tantas funções executa para o bom funcionamento de nosso organismo, é constantemente sobrecarregado por uma alimentação incorreta e abuso das bebidas alcoólicas, em alguns casos.

O fígado é responsável pela produção de proteínas; armazena vitaminas, glicose e minerais; sintetiza o colesterol, usando-o na digestão, também produz a bile para a digestão das gorduras, além de desintoxicar nosso organismo de substâncias nocivas, como drogas e medicamentos. Apesar dessa importância toda, nós não temos muita piedade por esse órgão e costumamos ingerir muitos alimentos em excesso e prejudicá-lo, diariamente.

Outros fatores podem lesionar o fígado, como certas doenças: diabetes e o vírus da hepatite. Também a obesidade, ocasionada, na maioria das vezes pelos excessos à mesa e ao sedentarismo, podem ocasionar doenças no órgão.

As gorduras em excesso, como as frituras e as gorduras trans, encontradas em biscoitos recheados, sorvetes, margarinas,etc., assim como o consumo de carboidratos em quantidade muito além da necessária para prover a energia que necessitamos, costumam ser os pecados mais comuns contra nosso fígado. Sem falar, é claro, nas pessoas que abusam do álcool, o que se torna, a longo prazo, uma agressão com consequências quase irremediáveis. Mesmo que esse órgão possua uma capacidade de autoregeneração muito grande.

Por isso, é bom começar a observar de perto o que vai à sua boca e mudar seus maus hábitos enquanto há tempo! Sua disposição vai melhorar muito e o funcionamento de todo o seu organismo também, ou seja, cuidar para que seu fígado se mantenha “sarado”, é uma obrigação de primeira necessidade com sua saúde!

Veja uma pequena lista do que deve ser mudado para ajudar seu fígado a ficar “light”!

Dicas de alimentação

  1. Comece reduzindo o consumo de gorduras ruins, como as frituras e gorduras saturadas e aumentando o consumo das gorduras boas ao funcionamento do corpo, os ácidos graxos monoinsaturados e as gorduras polinsaturadas, como as encontradas em peixes e azeite de oliva, por exemplo.
  2. Não abuse de doces e carboidratos, já que isso aumenta o risco de diabetes e obesidade, que são prejudiciais ao fígado.
  3. Se você não costuma comer frutas e legumes, comece agora, pois são reservatórios de antioxidantes, que combatem os radicais livres prejudiciais ao fígado e ao nosso organismo de modo geral.
  4. Aumente o consumo de fibras, elas estão presentes nas frutas, nos grãos integrais, como a aveia, o trigo, a linhaça, etc. e são essenciais para ajudar o fígado a se manter em forma.
  5. Não abuse do álcool! Além de todos os malefícios morais que uma bebedeira pode causar, os danos físicos vão acumulando o fígado de lesões que podem se transformar em doenças graves, como a cirrose.
  6. Exercite-se! O sedentarismo ocasiona acúmulo de gordura no corpo e… no fígado!

Recomendar:

Comente. Compartilhe…