Câncer de vulva – sintomas e tratamentos

Mulher

O que é?

A vulva é a parte externa da genitália feminina, onde estão os grandes e pequenos lábios, o clitóris e o canal urinário, o câncer de vulva pode aparecer em uma das partes da vulva, como uma lesão ou mancha que vai aumentando. Embora seja mais comum em mulheres com mais de cinquenta anos, pode aparecer também em mulheres mais jovens. Quem já teve contato com o vírus HPV tem maior probabilidade de desenvolver esse tipo de câncer.

Quais os sintomas do câncer de vulva?

Sintomas como as manchas ou feridas na vulva, entre outros, como coceira persistente na região genital, assim como ardor ou dor durante as relações sexuais, devem ser investigados pelo ginecologista. Esse diagnóstico é feito com o exame clínico, a olho nu ou com um aparelho chamado colposcópio, que aumenta  a imagem. Também pode ser feito um teste, chamado teste de Collins, onde as lesões suspeitas recebem um corante azul e depois um removedor (ácido acético), onde permanecer colorido, é feita uma biópsia.

Como é o tratamento desse tipo de câncer?

Através de cirurgia na vulva e a virilha, onde ficam os linfonodos, responsáveis pela defesa do resto do corpo, impedindo que o tumor se espalhe para outros locais. Como são atingidos pelo câncer, precisam ser retirados e também é indicada a radioterapia nesses casos. Esse procedimento depende do tamanho do tumor e, se a doença estiver em fase inicial, melhor será o resultado.

Como fica a vida sexual após o câncer de vulva?

Embora existam certos mitos e receio por parte das pacientes desse tipo de câncer, após a cirurgia, a mulher pode voltar a ter uma vida sexual ativa e até sentir prazer, já que a vulva é apenas a entrada da vagina, e esta permanece intacta.

Recomendar:

Comente. Compartilhe…