Cardápio da dieta Dukan, o regime da Jennifer Lopez!

Jennifer Lopez, Penélope Cruz e Kate Midleton - famosas que fizeram a dieta Dukan

Jennifer Lopez, Penélope Cruz e Kate Midleton – famosas que fizeram este regime

A dieta do momento foi criada por um nutrólogo francês, chamado Pierre Dukan, por isso, passou a ser chamada de Dieta Dukan, após o autor lançar um livro que vendeu 3,5 milhões de cópias na França, a dieta passou a ser conhecida no mundo todo. O sucesso do método que garante a perda rápida de peso e a manutenção deste pelo resto da vida, chamou a atenção de celebridades, sempre interessadas em manter a boa forma, como a atriz Jennifer Lopez, que se tornou adepta e exibe um corpo invejável, aparentemente mais magro até do que era antes de dar à luz gêmeos!

Essa dieta tem semelhanças com a famosa Atkins, que também fez a cabeça de muita gente ao redor do mundo, desde seu lançamento, nos anos sessenta. Isto porque ambas priorizam o consumo das proteínas para emagrecer e tem como bônus a frase mágica: “COMER À VONTADE”! Mas, a dieta francesa tem certas peculiaridades que a tornam menos restritivas ou, antes, mais saudável, já que as carnes recomendadas nesta são as magras, enquanto na dieta da proteína, ou Atkins, pode-se abusar das carnes gordas, como bacon. Também na Dukan, as gorduras são permitidas apenas no final do regime e apenas na quantidade suficiente para grelhar ou temperar um alimento!

Conheça o método de emagrecimento da dieta Dunkan

Dieta Dukan

Além do emagrecimento rápido, que garante a perda de até dois quilos logo de início, a dieta promete que é possível manter o peso conquistado pelo resto da vida!

A dieta tem quatro fases, sendo a primeira delas um preparo para que o organismo entre no ritmo de emagrecimento. Essa primeira fase é a fase de ATAQUE, onde só é permitido comer proteínas, ou seja, carnes magras, frango e peixe à vontade, além de queijo e ovo com moderação e iogurte e leite desnatados. Também a água é fundamental, deve-se beber bastante! Essa fase pode durar de um a cinco dias, você pode escolher!

Na segunda fase, a fase de TRANSIÇÃO, os legumes e as verduras (menos batata) são inseridos aos poucos no cardápio: pode-se por verduras e legumes à vontade no prato, mas não todos os dias. Num dia sim e no outro, deve-se seguir o cardápio da primeira fase, ou seja, só proteínas! Essa alternância deve ser mantida até que o peso desejado seja alcançado, inclusive, essa fase deve durar até que isso aconteça.

A terceira fase, a CONSOLIDAÇÃO, é calculada conforme a quantidade de peso perdido, 10 dias para cada quilo perdido, por exemplo, se tiver perdido 5 quilos, deve manter essa fase por 50 dias. Nesta, é  permitido o consumo de frutas e também de massas e pães integrais, os carboidratos refinados, ou seja, os produzidos com farinha refinada, branca, que é pobre em fibras, são transformados em açúcar muito rapidamente no processo digestivo, atrapalhando o trabalho da insulina, que carrega a glicose para o interior das células. Como sobra açúcar na circulação sanguínea, esse excesso acaba sendo estocado como reserva de gordura.

Na quarta e última fase,  a da ESTABILIZAÇÃO, o cardápio volta ao normal, e é possível comer-se de tudo, mas, para evitar o ganho de peso novamente, há um segredo diferencial nessa dieta!

Como voltar a comer de tudo e não engordar novamente?

Após alcançar o peso de seus sonhos, você poderá voltar a comer normalmente, mas, claro, deverá ter cuidado para não readquirir o excesso de peso que incomodava, por isso, deverá escolher um dia da semana para repetir o cardápio da primeira etapa, ingerindo apenas proteínas, e isso deverá ser mantido pela vida inteira! Esse é o segredo dessa dieta!

Além disso, há a recomendação de consumir diariamente, 3 colheres de sopa de farelo de trigo e aveia, pois garantem fibras solúveis, que promovem a saciedade e também mantém um perfeito funcionamento do intestino, o que ajuda a não engordar!

Veja uma sugestão de cardápio para cada fase desta dieta

FASE 1- ATAQUE:

CAFÉ DA MANHÃ:

  • 1 pote de iogurte natural (pode ser com fruta também) 0% de gordura;
  • 3 fatias de peito de peru light;
  • 1 xícara de chá verde.

LANCHE DA MANHÃ:

  • 2 fatias de ricota ou queijo minas frescal;

ALMOÇO:

  • 1 filé de peito de frango com 2 fatias de queijo mussarela light;
  • 1 ovo mexido.

LANCHE DA TARDE:

  • 1 fatia média de queijo minas frescal;
  • 1 taça de gelatina diet;
  • 1 xícara de chá branco.

JANTAR:

  • 5 colheres de sopa de camarão no bafo (ou refogado com alho e 1 fio de azeite) ou 1 filé de peixe salmão assado;
  • 2 fatias de queijo minas frescal.

ALIMENTOS QUE PODEM SER CONSUMIDOS NESSA FASE:

  • Peixe (todos): magros, gordurosos, brancos ou não, crus ou cozidos.
  • Carne branca: aves (com exceção de pato) e coelho.
  • Carne magra: vitela e boi sem gordura, grelhadas, assadas ou cozidas.
  • Miúdos: fígado, rim e língua de vitela. Frutos do mar: camarão, lula e marisco.
  • Frios: presunto magro, presunto de frango e peito de peru light.
  • Laticínios: queijo e iogurte 0% gordura e leite desnatado. (duas porções por dia, no máximo).
  • Ovo: dois por dia, no máximo.
  • Água é imprescindível: ela melhora o funcionamento dos rins e evita que fiquem sobrecarregados com a proteína. Deve-se beber, de 2 a 3 litros por dia. Você também pode consumir (além da água)chá e café sem açúcar.
  • Temperos:  podem ser usadas ervas, alho, cebola e alho para preparar a comida e o mínimo de gordura (azeite, de preferência) para refogar.

 

FASE 2-TRANSIÇÃO:

CAFÉ DA MANHÃ:

  • 1 omelete com 1 gema e 2 claras, preparado com presunto light, queijo mussarela, orégano e tomate.
  • café com adoçante.

LANCHE DA MANHÃ:

  • 2 fatias de presunto magro ou de frango.

ALMOÇO:

  • 1 prato raso de saladas de folhas verdes (alface, agrião, escarola) e tomate;
  • 3 colheres de berinjela assada com cebola, pimentão, alho e com um fio de azeite;
  • 3 pedaços de frango assado e sem pele.

LANCHE DA TARDE:

  • 1 queijinho fundido light;
  • 1 taça de gelatina diet.

JANTAR:

  • 1 fatia de pernil de vitela assado ou 1 sobrecoxa de frango assada e sem pele;
  • 1 prato (raso) de salada de folhas verdes, pepino e talos de erva-doce;
  • 3 colheres de sopa de abobrinha refogada com tomate e cebola.

CEIA:

  • 1 taça de gelatina diet.

 

FASE 3- CONSOLIDAÇÃO:

CAFÉ DA MANHÃ:

  • 2 torradas com requeijão light;
  • 1 manga pequena;
  • 1 copo de leite se soja light.

LANCHE DA MANHÃ:

  • 1 pote de iogurte light.

ALMOÇO:

  • 1 filé de peixe com molho de tomate;
  • 3 colheres de sopa de arroz integral;
  • 2 colheres de sopa de salada de grão-de-bico;
  • 1 prato (raso) de salada de alface americana e chicória.

LANCHE DA TARDE:

  • 2 fatias de presunto magro e 2 fatias de queijo de minas light.

JANTAR:

  • 1 fatia grande de carne assada;
  • 3 colheres de sopa de abobrinha refogada com tomate;
  • 1 prato raso de salada de rúcula com palmito.

CEIA:

  • 2 fatias de chester defumado.

ESTA FASE PERMITE:

  • 1 porção (1 unidade) de fruta por dia (exceção: banana, castanha, cereja e abacate);
  • 2 fatias de pão integral por dia, pode ser com margarina ou manteiga light;
  • 1 porção (40g) de queijo – menos os gordurosos, como gorgonzola, camembert e brie, por exemplo.
  • 2 porções de carboidratos complexos por semana, como massas, polenta, feijão, lentilha, arroz integral, batata, grão-de-bico e ervilha seca.
  • 2 refeições semanais quando se pode comer qualquer tipo de alimento, desde que não se repita a refeição, nem se faça duas refeições desse tipo seguidas. É aconselhável intercalar ao menos um dia entre elas e não esquecer de escolher um dia da semana para fazer a dieta da proteína, como na fase 1!

FASE 4- ESTABILIZAÇÃO:

Aqui, tudo é permitido, mas não esqueça dos segredos fundamentais para manter a boa forma adquirida!

  • ESCOLHA UM DIA E COMA SÓ PROTEÍNAS, COMO NA FASE 1;
  • COMA TODOS OS DIAS AS FIBRAS SOLÚVEIS, CONTIDAS EM CEREAIS COMO: AVEIA E FARELO DE TRIGO, POR EXEMPLO.

Recomendar:

Comente. Compartilhe…