Conheça o tratamento ‘corrente russa’ e saiba preço da sessão

Corrente russa

Também chamada estimulação russa, é uma maneira de tonificar os músculos através da estimulação de corrente elétrica de média ou baixa frequência, a eletroterapia. Através de um aparelho, as contrações musculares são estimuladas, tratando a flacidez muscular e modelando o corpo de maneira indolor.

Como funciona a corrente russa?

Criada pelo russo Yakov Kots, nos anos oitenta, a técnica faz uma estimulação elétrica pelo tempo entre 10 ou 20 minutos por sessão, sendo que os estímulos elétricos são aplicados por dez segundos e tem um intervalo de cinquenta segundos entre uma e a outra aplicação.

Segundo argumento do criador do método, os exercícios convencionais criam volume e resistência muscular, mas ignoram a coordenação motora e a habilidade. Por isso, a estimulação russa influencia fibras de contração rápida e associadas aos exercícios físicos, tem poder de enrijecer a musculatura, trabalhando fibras musculares vermelhas, que são as de tonicidade e também as fibras brancas, que são as de velocidade, unidades motoras ligadas aos movimentos rápidos, coordenação motora precisa e graciosidade de movimentos esse estímulo muda de acordo com o objetivo da aplicação.

A quem é indicado o tratamento com a estimulação russa?

Tratamento corrente russa

Esse tratamento vem sendo muito usado em clínicas estéticas, indicado para pós parto, antes e depois de cirurgias plásticas e para ajudar a atletas na recuperação da força muscular, estimulando também o sistema linfático e o circulatório, por isso, a estimulação russa também é muito usada na fisioterapia.

Além disso, nas clínicas estéticas faz muito sucesso, já que enrijecer os músculos do abdômen, bumbum e coxas é o sonho de muita gente, principalmente sem muito esforço. Ao menos, é o que algumas pessoas que buscam o tratamento pensam, mas a corrente russa deve sempre ser encarada como um complemento aos exercícios convencionais, assim, os efeitos serão positivos e eficazes.

A indicação para melhores resultados é de 10 sessões. Os preços variam, mas a média é de R$55/ sessão/ região anatômica aplicada. Região adicional = R$10 a mais.

As contra-indicações

  • para quem sofre de problemas cardiovasculares;
  • portadores de marca-passo;
  • quem sofre de problemas de pressão;
  • quem possui problemas renais crônicos;
  • problemas pulmonares;
  • epilepsia.

Assista a um vídeo para ver como é aplicada a técnica

Recomendar:

Comente. Compartilhe…